Conheça os profissionais qualificados para o visto EB1 | Professionals qualified for EB1 visa

Você conhece os tipos de profissionais qualificados para um visto EB-1?


Como dito em posts anteriores, o visto EB1 permite que profissionais qualificados emigrem para os EUA, obtendo assim o conhecido Green Card. Esta categoria incluiu três tipos de profissionais.

O primeiro grupo é composto por aqueles capazes de demonstrar habilidade extraordinária em ciências, artes, educação, negócios ou esportes. Essas habilidades são demonstradas conforme critérios definidos em lei e devem ser sustentadas por aclamação nacional ou internacional. O profissional deve ainda demonstrar a intenção de continuar atuando na área de excepcionalidade. A grade vantagem deste tipo de visto, para o profissional, é que ele pode fazer a solicitação através de petição própria, sem a necessidade de uma oferta de emprego americana ou de um empregador sendo o solicitante/patrocinador do visto.

O segundo grupo é composto por professores e pesquisadores que demonstrem realizações notáveis em seu campo acadêmico, conforme critérios estabelecidos pela lei. É necessária uma experiência mínima de 3 anos em ensino e pesquisa dentro da área de atuação e, diferente da primeira categoria, o professor/pesquisador deve demonstrar uma oferta de trabalho americana por instituição que realiza pesquisa semelhante. Tal instituição pode ser pública ou privada, representada por uma universidade, organização ou até mesmo uma empresa.

Certos gerentes e executivos de multinacionais compõem o terceiro grupo de profissionais que podem se beneficiar do visto EB-1. Neste caso, quem fará a solicitação do visto é a multinacional, mais especificamente o empregador americano. O empregador deverá respeitando alguns requisitos como: ter uma relação societária qualificadora com a empresa fora dos Estados Unidos; o empregador americano deve estar em operação internacional por no mínimo um ano; a função a ser exercida pelo profissional deve ser gerencial ou executiva; e o profissional deve ter sido empregado (dentro ou fora dos EUA) por no mínimo 1 ano, nos últimos 3 anos anteriores à requisição. Geralmente este visto é utilizado para a migração de profissional que se encontra com o visto temporário “L”, para uma condição de residente.

Dentro da modalidade de vistos EB1, empresas, instituições de ensino e até mesmo profissionais independentes podem ter o benefício de ampliar sua capacidade profissional. A primeira das categorias do visto EB1, profissionais de habilidade excepcionais é uma das pouquíssimas exceções à regra de certificação laboral com a exigência de uma oferta de trabalho, ou seja, da necessidade de se ter um empregador americano oferecendo uma posição de trabalho ou até mesmo sendo patrocinador do visto.


Do you know the types of professionals who can apply for an EB-1 visa?

As stated in previous posts, the EB1 visa allows qualified professionals to immigrate to the USA, thus obtaining the well-known Green Card. This category included three types of professionals.

The first group consists of those professionals capable of demonstrating extraordinary skills in science, arts, education, business or sports. These skills are demonstrated according to criteria defined by law and must be supported by national or international acclaim. The professional must also demonstrate the intention to continue working in the area of ​​exceptionality. The great advantage of this type of visa, for the professional, is that he or she can apply through his own petition, without the need for an American job offer or an employer being the applicant/sponsor of the visa.

The second group is composed by professors and researchers who demonstrate remarkable achievements in their academic field, according to criteria established by law. A minimum experience of 3 years in teaching and research within the area of ​​activity is required and, unlike the first category, the professor/researcher must have an American job offer made by an institution that conducts similar research. The institution can be public or private, such as a university, organization or even a business.

Certain multinational managers and executives compose the third group of professionals who can benefit from the EB-1 visa. In this case, the multinational will apply for the visa, more specifically the American employer. The employer must follow certain requirements, such as: having a qualifying corporate relationship with the company outside the United States; the American employer must be operating internationally for at least one year; the function to be performed by the professional must be managerial or executive; and the professional must have been employed (inside or outside the USA) for at least 1 continuous year, in the last 3 years, prior to the request. Generally, this visa is used by professionals who are on a temporary “L” visa, to become a resident in the United States.

EB1 visas can benefit companies, educational institutions and even independent professionals to expand their professional capacity. The first of the EB1 visa categories, professionals with exceptional skills, are one of the very few exceptions to the labor certification and the requirement of a job offer, that is, the need to have an American employer offering a job position or even sponsoring the visa.

65 visualizações0 comentário